Coagulantes Orgânicos para Tratamento de Água e Efluentes

Compartilhe
banner

O que são Coagulantes Orgânicos?

Coagulantes Orgânicos são substâncias químicas compostas por moléculas orgânicas e com caráter fortemente catiônico. Seu objetivo principal é desestabilizar o sistema coloidal formado no efluente para que seja iniciado o processo de clarificação da água.

Linhas Matryx

Linha dos Polidadmac
Linha das Poliaminas

Embalagens para fornecimento: IBC 1.100 kg e Granel.

  • A tecnologia Kemira agregada à Matryx;
  • Garantia de produtos com qualidade e eficiência garantida;
  • Laboratório de controle de qualidade;
  • Experiência em aplicação;
  • Equipe técnica qualificada;
  • Destaque no atendimento pós-vendas da equipe comercial;
  • Prazos de entrega ágeis e garantia de fornecimento.

 

Principais diferenças entre Coagulantes Orgânicos e Inorgânicos

Principais diferenças entre Coagulantes Orgânicos e Inorgânicos

Substâncias orgânicas tem uma estrutura molecular distribuída de maneira diferente das substâncias inorgânicas.

Por sua maior complexidade estrutural, possuem uma capacidade maior de agregação dos coloides, chegando a atingir pontos que coagulantes inorgânicos não conseguem atingir.

A seguir, a molécula de um Polidadmac, coagulante orgânico.

Principais Características dos Coloides

Quando íons ou moléculas se aproximam, sempre ocorrerá algum fenômeno. Ou existirá a interação ou a reação. No caso dos coloides, o que acontece é a interação, mais especificamente a interação intermolecular, que é quando as moléculas se atraem ou se repelem.

As energias que envolvem as interações são muito menores que as que envolvem reações, já que não existe quebra de ligações químicas e nem formação de novas. Os coloides são carregados eletricamente e ao redor de suas cargas se há a formação de um campo elétrico onde uma partícula interage com a outra através da intensidade deste campo.

Também estão envolvidas as forças de Van der Waals, que desempenham um papel importante em todos os fenômenos intermoleculares. Estes dois tipos de forças são peças chaves para o comportamento de uma solução coloidal.

A Ação do Coagulante Orgânico

Os coloides presentes nos efluentes em sua maioria são carregadas negativamente, e é devido às forças de repulsão que as partículas permanecem em suspensão e não conseguem sedimentar.

O coagulante, de caráter catiônico, entra no sistema e, através de reações químicas, desestabiliza os coloides que a partir daí, conseguem se aglomerar e formar coágulos, partículas maiores que já conseguem decantar.

Para que haja eficiência é imprescindível agitação vigorosa e eficiente.

O Destaque dos Coagulantes Orgânicos Matryx

As moléculas orgânicas que compõe os Coagulantes Orgânicos Matryx agregam algumas características diferentes nos tratamentos de efluentes em que atuam:

  • São produtos que não necessitam de tanta alcalinidade para ter ação eficiente, por isso, diminuem o uso de álcalis;
  • Não alteram significativamente o pH do sistema em que atuam;
  • Molécula quimicamente estruturada para remover partículas finas, e assim, clarificar de forma mais eficiente;
  • Menor quantidade de lodo gerado;
  • Auxiliares na remoção de cor;
  • Auxiliares na floculação, pois tem capacidade para formação de coágulos maiores;
  • Bons atuantes na quebra e remoção de gorduras;
  • Podem ser usados no tratamento secundário para auxiliar na formação de flocos maiores, na remoção de algas, entre outros.

 

Faça seu orçamento
Faça seu orçamento