Tratamento de Água e Efluentes para Indústria de Papel e Celulose

Compartilhe
banner

O Uso da Água na indústria de Papel e Celulose

O Uso da Água na indústria de Papel e Celulose

O setor do papel e celulose está presente em 540 municípios do Brasil, gerando 128 mil empregos diretos e 640 mil empregos indiretos. A indústria de celulose brasileira é a 4ª maior do mundo, enquanto a indústria de papel ocupa a 9ª posição. A área florestal preservada pelas empresas que atuam neste segmento industrial é de 2,9 milhões de hectares sendo 2,2 bilhões para uso industrial (ABTCP, 2019).

Sendo um setor que usa intensamente os recursos hídricos, também é um setor preocupado com seus efluentes gerados, sendo parte inerente e não menos importante do que seus processos produtivos.

OS FLOCULANTES MATRYX NA INDÚSTRIA DO PAPEL E CELULOSE

A Matryx possui uma extensa linha de floculantes para serem utilizados nas estações de tratamento, com os mais variados tipos de carga e pesos moleculares, trazendo ao Brasil a tecnologia Kemira.

  • Os floculantes Matryx auxiliam na clarificação do efluente, atuando na remoção da turbidez juntamente com o coagulante.
  • Floculantes aniônicos com baixa, média e alta carga de pesos moleculares variados, usados como agentes de floculação após a coagulação. Devido a esta variedade, é possível encontrar dentro de nossa linha, produtos que forneçam flocos grandes e pesados, ideal para decantadores e também, flocos grandes e leves, ideal para flotadores: CHEMIFLOC 3000 - X;
  • Floculantes catiônicos com baixa, média e alta carga e pesos moleculares variados, usados no deságue e adensamento do lodo. Pela variedade de produtos oferecidos, é possível encontrar um produto que forneça um floco resistente para suportar centrífugas e também, um produto que forneça um floco pequeno para uso, por exemplo, em filtros prensa: CHEMIFLOC 9000 – X;

 

OS ANTIESPUMANTES MATRYX NA INDÚSTRIA DO PAPEL E CELULOSE

OS ANTIESPUMANTES MATRYX NA INDÚSTRIA DO PAPEL E CELULOSE

Os antiespumantes Matryx podem ser utilizados nos equalizadores, tanques pulmão, lagoas biológicas, no ponto de lançamento do efluente ou em qualquer etapa em que exista a formação de espuma. A linha de antiespumantes da Matryx conta com produtos variados para espumas leves até as mais severas.

  • Antiespumantes a base de água, para locais onde seja necessária a diminuição de resíduos gerados pela eliminação da espuma. Este antiespumante se destaca devido ao fato de que, após a sua adição, ele não permite a formação de espuma, evidenciando a sua capacidade de bloquear a criação de novas camadas de espuma: DF MPA, entre outros.
  • Antiespumantes a base de silicone para espumas medianas e severas, com ótima eficiência inicial e final: DPE 510, DPE 510 EBS, entre outros;
  • Antiespumante a base óleo para espumas que se formam em grande quantidade e rapidamente, com ótima eficiência inicial e final: DPE 510 O.

OS NUTRIENTES MATRYX NA INDÚSTRIA DO PAPEL E CELULOSE

Os nutrientes podem ser utilizados no tratamento biológico, diretamente nas lagoas. São produtos biodegradáveis, que não possuem toxicidade e são de fácil manipulação.

  • O processo produtivo do papel e celulose gera um efluente com deficiência de macronutrientes como nitrogênio e fósforo. Para permitir o crescimento saudável dos microrganismos no tratamento secundário, e assim, evitar custos adicionais na recuperação do lodo biológico, a Matryx possui produtos específicos que conferem quantidades equilibradas destes macronutrientes: BIOTRAT, MX PK 100, MX 200, entre outros;
  • Nutriente que favorece o desenvolvimento das colônias de microrganismos já existentes no sistema: BIOSYSTEM;
  • Conjunto de microrganismos especiais que permite maximizar o crescimento de microrganismos mais saudáveis, de forma equilibrada e balanceada: BIOTOP.